Saltar al contenido

DESTACADO DO JOGO – VITINHO (VS CORINTHIANS)

Em geral, no que permite um aprofundamento na análise, a figura do segundo atacante está cada vez mais difícil de se encontrar no futebol atual. Por inúmeros fatores que envolvem questões táticas, físicas e estruturais do jogo, além da transformação a cada ciclo que o esporte naturalmente passa, este perfil de jogador segue escasso no mundo nos últimos anos com raras exceções na elite com nomes como Antoine Griezmann e Rodrigo Moreno. Neste sentido, o atacante Vitinho, que em diversos momentos teve seu jogo mal interpretado (definitivamente não trata-se de um extremo para garantir situações de vantagem ocupando zonas de amplitude), completou grande exibição na goleada por 1-5 do Flamengo na visita ao Corinthians no último domingo (18) nesta função tão específica dentro do 4-4-2 utilizado pelo treinador catalão Domènec Torrent.

Dominando a posse de bola ao longo dos 45 minutos iniciais, o conjunto rubro-negro buscou saídas curtas em iniciações nos tiros de meta, não encontrando problemas para avançar em fases de primeira construção contra as tentativas de pressão alta do adversário, especialmente a partir da boa ocupação de espaços em organização ofensiva na situação inicial de elaboração: a partir do posicionamento em 3+1 com os descensos entre os zagueiros do volante Thiago Maia com outro meio-campista como Gerson em uma segunda altura na faixa central do campo, o Flamengo conseguiu ganhar amplitude com seus laterais enquanto os extremos Bruno Henrique e Éverton Ribeiro atraíam marcações por dentro apesar de haver maior flexibilidade no lado esquerdo pela capacidade de produzir jogo interno do experiente Filipe Luís.

Dentro deste contexto, Vitinho encontrou um cenário coletivo ideal para mover-se por todo o campo, com liberdade total para flutuar entre as linhas do Corinthians (que teve problemas nos reajustes defensivos nas costas do interior Camacho nas alterações de estrutura do 4-1-4-1 ao 4-4-1-1), sendo responsável por ótimos passes, toques e recepções que desestruturaram o rival e permitiram progressões a um Flamengo que produziu apenas três finalizações no primeiro tempo, situação que evidencia a pouca profundidade de suas posses no campo de ataque. Além disto, Vitinho participou da origem de um dos gols com um passe ao espaço ativando um desmarque do chileno Mauricio Isla, posteriormente a marcar seu gol em transição no segundo tempo. Abaixo, confiram o vídeo resumindo as ações e atuação do ex-jogador do CSKA Moscou em brutal exibição contra o Corinthians na NeoQuímica Arena.

Higor Santos Ver todo

Higor Santos es un joven brasileño analista y scout de fútbol internacional que trabaja como freelancer. Apasionado por fútbol francés y belga, sigue semanalmente diferentes ligas por el mundo con enfoque especial para Sudámerica.

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión /  Cambiar )

Google photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google. Cerrar sesión /  Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión /  Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión /  Cambiar )

Conectando a %s

A %d blogueros les gusta esto: