Saltar al contenido

DESTACADO DO JOGO – MARCUS INGVARTSEN (VS LEVERKUSEN)

Sem Max Kruse, que se lesionou com gravidade, o Union Berlin ficou órfão da principal referência técnica e criativa. Quem tem assumido esse papel na turma de Urs Fischer é Marcus Ingvartsen, que voltou a destacar-se na vitória frente ao Bayer Leverkusen. O dinamarquês vem jogando como interior esquerdo no 3-5-2 do emblema da capital alemã, ganhando protagonismo como lançador – recebe de forma orientada e identifica espaços para servir os movimentos de ruptura dos avançados. Neste momento, soma cinco assistências na Bundesliga.

A influência de Ingvartsen não se nota apenas no último terço. Mostra-se como apoio entre linhas para facilitar a progressão (pensa e executa rápido, muitas vezes ao primeiro toque, para activar um terceiro homem) e oferece uma pausa que não abunda no conjunto do Union Berlin – muito focado em explorar a profundidade. Resiste a situações de pressão, mantém a posse de bola e atrai atenções, permitindo que Lenz tenha vantagem por fora.

Jogando mais longe da área, perde oportunidades para aparecer na finalização, mas dá um critério extra na elaboração das jogadas e “substitui” Max Kruse como criador. Com a temporada que a equipa de Urs Fischer vai fazendo, a valorização do dinamarquês pode levá-lo para outro patamar. Para já, distingue-se na sensação da Bundesliga.

Tomás da Cunha Ver todo

Tomás da Cunha, analista português. Futebol sem fronteiras e competições de jovens. Comentador na rádio e na televisão.

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión /  Cambiar )

Google photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google. Cerrar sesión /  Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión /  Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión /  Cambiar )

Conectando a %s

A %d blogueros les gusta esto: